04 fevereiro 2009

(Palavra que voa)

.

Há palavras
feitas p'ra voar
num céu de Maio.
.
Leves palavras
ao colo do vento,
construídas como o papel
colorido
dos teus sonhos.
.
Tomas uma e soltas o fio
que a prende
à tua mão.
.
E a palavra
ganha asas,
eleva-se no ar
com o seu longo
ditongo
voador.
.
Até encontrar,
no mais alto
de ti mesmo,
um lugar
imenso
para morar.
.
João Pedro Mésseder
in
Palavra que voa, com ilustração de Gémeo Luís

Um comentário:

Flor ♥ disse...

Leonor, passando prá deixar um beijo e dizer que o fantástico mundo das palavras foi muito bem ilustrado hoje por esse poema de João Pedro Mésseder.

Beijos, querida!